Eleições Brasileiras em Rede


Marisa von Bülow*

As eleições brasileiras de 2018 estão sendo caracterizadas pelo uso intenso, ainda que controverso, das novas tecnologias digitais. Em parte, isso se deve às mudanças recentes na legislação eleitoral, que criaram novos incentivos para o uso da Internet. Essas mudanças têm a ver com o financiamento de campanhas, que proibiu as doações empresariais mas manteve a possibilidade de contribuições por meio das “vaquinhas virtuais”. Além disso, novas regras abriram a possibilidade inédita de pagar por propaganda nas chamadas “mídias sociais” e em plataformas de busca de conteúdo.

As mudanças na legislação eleitoral potencializaram uma tendência anterior. Cada vez mais brasileiros e brasileiras estão conectados, especialmente por meio do uso de celulares. Cada vez mais os cidadãos informam-se sobre política por meios digitais. Isso significa que candidatos, candidatas e partidos têm que investir nas suas estratégias digitais, integrando-as como parte fundamental e inseparável da campanha eleitoral.

O